/ Software

Sobre as cores e como elas te manipulam

Na Cubos, além de estudar linguagem de programação e novas tecnologias para desenvolvimento de aplicativos e sites, precisamos estar constantemente falando de design, layout e cores.

As cores têm um poder incrível no que diz respeito a passar sensações para nós, visto que somos muito sensíveis quando se trata de signos; não os dos zodíaco, mas aquilo que captamos através de nossos sentidos e podemos transformar em pensamentos. Quem é responsável por estudar isso é a semiótica.

Algumas percepções visuais são universais, como o calor trazido pelo vermelho ou a ideia de frieza do azul quando combinado com o branco.

cores
Porém existem cores que mudam de significado conforme a cultura ou contexto histórico. O branco, por exemplo, para as culturas ocidentais é considerada uma cor que representa a paz e a pureza; já para os orientais representa o luto e a má sorte. Enquanto aqui no ocidente, noivas casam de branco, do outro lado do mundo elas usam cores fortes como vermelho.

Existem muitos outros fatores que interferem, inclusive a combinação entre cores diferentes podem trazer resultados completamente diferentes e tudo isso deve ser levado em consideração, quando se faz um projeto, seja ele um logotipo, uma peça gráfica, uma fotografia ou mesmo um filme. É muito importante o bom posicionamento das cores dentro de um trabalho, para que seja passada a impressão correta sobre determinado assunto.

Algumas cores mudaram de significado com o passar do tempo. O azul e o vermelho, por exemplo, trocaram completamente de sentido no quesito gênero. Na Idade Média, o azul era considerado uma cor feminina, representando a sensibilidade e a calma, completamente oposta ao vermelho, considerado masculino, por ter caráter agressivo. Você pode verificar isso nas imagens religiosas católicas, onde Maria sempre aparece com o manto azul e Jesus Cristo com trajes vermelhos.

Tudo isso deve ser levado em consideração, quando se faz um projeto, seja ele uma logotipo, uma peça gráfica, uma fotografia ou mesmo um filme. É muito importante o bom posicionamento das cores dentro de um trabalho, para que seja passada a impressão correta sobre determinado assunto.

Olhe bem para a próxima imagem e veja a sensação de estranheza causada pelo tom da pele da garota na esquerda: está em tom de verde. Comparando com a imagem original, é possível ter uma noção melhor da diferença. Dá pra perceber que algo está errado com ela, isto é,mesmo não sabendo qual a cor original da sua pele, seu cérebro te diz que não está certo.
cores-2
Um contraponto bastante interessante é que cores podem ser aplicadas de forma “errada” propositalmente, para passar a sensação mais adequada. Um bom exemplo disso é o filme Matrix, onde as cenas que se passam dentro da matrix foram coloridas com um leve tom de verde, para passar uma sensação de desconforto ao espectador.
neo
O universo das cores é muito extenso e subjetivo. Não se trata de certo ou errado, mas o que você quer passar com cada core escolhida, pois não existem regras. Tudo depende do propósito que o artista quer oferecer ao observador, a exemplo de estranheza, familiaridade, calma, energia, ou qualquer outro sentimento. Para quem quer estudar mais do assunto, dá uma lida no livro “A psicologia das cores-como as cores afetam a emoção e a razão”. de Eva Heller.

Imagem 1: https://unsplash.com/photos/28v9cq7ytNU e https://unsplash.com/search/ice?photo=Q4RuIsRuMcs
Imagem 2: https://unsplash.com/photos/WHWYBmtn3_0
Imagem 3: https://www.psdbox.com/wp-content/uploads/2016/05/1-example.jpg

Sobre as cores e como elas te manipulam
Share this